Pub
Pub
artigo
imprimir

Biblioteca 365º: problemas e cuidados com a pele

Entre as várias complicações que podem surgir na diabetes estão as relacionadas com a pele. Saiba que complicações deve prevenir e o que fazer.

A Biblioteca 365º é uma rubrica que reúne os principais artigos sobre um tema específico associado à diabetes. Estas colecções de artigos vão ajudá-lo a encontrar mais facilmente os artigos que procura e a compreender cada temática.

 

À diabetes estão associadas várias complicações e a pele pode ser um dos sistemas do organismo afetados. Em primeiro lugar, a razão está, sobretudo, na hiperglicemia que caracteriza a doença. Em segundo lugar, a diabetes pode levar à alteração de outros sistemas do organismo como, por exemplo, o sistema imuniário, importante para combater microorganismos que podem causar infeções na pele e não só. Assim sendo, é importante que conheça os vários problemas para estar alerta. Além disso, pode e deve tomar as rédeas da doença, fazendo o que está ao seu alcance não só para tratar, mas também pra prevenir. Se por um lado podem causar desconforto, por outro lado, existem complicações da pele inestéticas que podem afetar a sua autoestima. É, por isso, que os cuidados com a pele são tão importantes para manter não só o seu bem estar físico, como psíquico.

 

Por isso, navegue pela nossa Biblioteca 365º para encontrar os vários artigos que temos publicados sobre os problemas e cuidados com a pele que deve ter.

O que saber sobre complicações da diabetes na pele

Em primeiro lugar, saiba que os problemas de pele provocados pela diabetes são mais comuns do que pensa. Além disso, podem passar despercebidos. Alguma vez sentiu desconforto ou, sobretudo, uma comichão que teima em não desaparecer? Pois é, pode ser devido à diabetes. Assim sendo, se não conhece esta relação entre diabetes e comicjão na pele vale a pena ler o seguinte artigo:

artigo

211.

Diabetes e comichão no corpo: porque acontece?

Falando em sinais de que algo com a sua pele não está bem, existem várias manifestações bem visíveis na pele de complicações mais comuns no diabético. Ou seja, se encontrar algo de estranho na sua pele, consulte imediatamente o seu médico. Ainda assim, é fundamental saber identificar quando algo não está bem! Por isso, sugerimos-lhe que veja o seguinte artigo sobre sinais dermatológicos:

artigo

56.

Sinais da diabetes que se veem na pele

Uma das complicações mais frequentes da diabetes na pele chama-se dermopatia diabética. Esta tende a surgir em quem vive com a doença há muitos anos e atinge mais os homens do que as mulheres. Assim sendo, vale a pena ler um pouco mais para descobrir do que se trata e como é feito o tratamento!

artigo

127.

O que é a dermopatia diabética?

Uma relação não tão conhecida é a da diabetes e psoríase. A psoríase é uma condição crónica e inflamatória da pele que parece diminuir a capacidade de o organismo usar a insulina. Por isso, sugerimos-lhe que comece por compreender mais sobre esta doença da pele, quais os seus sintomas e seu tratamento.

artigo

96.

Diabetes e psoríase: qual a relação?

A diabetes e o risco de infeções

Além disso, certamente já terá ouvido dizer que a diabetes aumenta o risco de infeções. Ou seja, pode também levar ao aparecimento de infeções da pele, sejam elas provocadas por vírus, bactérias ou fungos. Por isso, para perceber um pouco melhor sobre esta relação entre diabetes e risco de infeções, sugerimos-lhe a leitura do seguinte artigo:

artigo

202.

O risco de infeções e a diabetes

Uma das infeções da pele que pode surgir com maior frequência na população diabética tem o nome estranho de erisipela. Em primeiro lugar esta é uma infeção bacteriana, o que significa que pode ser prevenida. Comece por perceber melhor do que se trata, quais os sintomas e como é feito o tratamento!

artigo

246.

Existe uma relação entre a erisipela e diabetes?

Assim sendo, tenha sempre presente a importância de prevenir infeções. Um dos locais do corpo com maior propensão para «transportar» microorganismos causadores de doenças são as nossas mãos. Por isso, lembre-se sempre da importância de manter a higiene das mãos. Neste nosso artigo explicamos-lhe tim-tim por tim-tim como deve fazer:

artigo

187.

A importância de lavar as mãos

Cuidados com a pele: o que pode fazer

Em primeiro lugar, mantenha os cuidados com a pele como uma prioridade, algo que deve ter em conta todos os dias. Ou seja, não se preocupe apenas quando algo de estranho acontece. A prevenção é um passo essencial e, por isso, neste artigo explicamos-lhe o que deve saber para cuidar da sua pele:

artigo

191.

Como cuidar da pele na diabetes?

Lembre-se de que a diabetes não tira férias! E é, sobretudo, quando a sua rotina muda que deve ter atenção aos cuidados especiais que essa situação exige. Ou seja, até na praia é importante garantir o melhor controlo da diabetes e a proteção da sua pele. Descubra quais os cuidados que deve ter em conta quando vai à praia!

artigo

232.

Diabetes e cuidados na praia

Quando falamos em prevenção é inevitável falar no controlo da diabetes. Afinal, uma diabetes controlada é o primeiro passo para manter longe todo o tipo de complicações, incluindo as que podem afetar a pele. Assim sendo, se gostaria de melhorar o seu controlo glicémico, este é um artigo que deve ler:

artigo

108.

Diabetes sob controlo

Por fim, para falar com quem partilha as suas preocupações junte-se à comunidade Diabetes 365º!

artigo
imprimir
anterior seguinte